A Faferia é uma casa voltada para a cerâmica no centro antigo de Florianópolis. É escola, com cursos permanentes e workshops; comercializa argilas, esmaltes, ferramentas e matérias-primas para ceramistas; presta serviço de queimas cerâmicas; e oferece locação de ateliê e de torno. Conheça um pouco de quem faz a Faferia:


 

Fifo Lima
É o coodenador da Faferia Cerâmica. Faz a gestão da casa, cuida do atendimento e das queimas cerâmicas. Criou a Faferia em 2016. Foi iniciado nem cerâmica pelo ceramista e músico Marcoliva. É jornalista, formado em Letras pela UFSC. Foi repórter de cultura nos jornais O Estado, A Notícia e Diário Catarinense ao longo de 20 anos, trabalhando principlamente na área de cultura. .

Durante seis anos foi assistente da diretoria da Fundação Cultural Badesc, prestando assessoria de imprensa, produção e coordenação do cineclube da casa. Durante dois anos e meio, produziu a Feira de Arte de Florianópolis, a FAF. Escreveu Paulo Gaiad – Vida e Obra e uma breve biografia do artista Rubens Oestroem. Foi conselheiro estadual de cultura.
 
 
imagem06.png
Maria Paula Vieira
Maria Paula é professora do ateliê de cerâmica da Faferia. Graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina, teve seu primeiro contato com a cerâmica em 2015, cursando disciplinas no curso de Design da UFSC. Nos anos seguintes desenvolveu seu trabalho através de pesquisas, experimentos e cursos ofertados pela UFSC e pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Atualmente também produz suas próprias cerâmicas artesanais, a partir da modelagem manual de mesa.
Instagram @matildaceramicas


Ágata Tomaselli
Professora de torno na Faferia, Ágata Tomaselli é graduada em artes visuais pela Udesc e cursa roda de oleiro tradicional na Escola Municipal de Oleiros Joaquim Antônio de Medeiros, pelo módulo profissionalizante, em São José. Fez workshop de esmaltação com Marina Takasi; oficina de torno elétrico, com Rosângela Rosa; serigrafia e decalque cerâmico, com Luiza Christ; e fotocerâmica, com Carusto Camargo.
Atuou como bolsista no Núcleo Pedagógico de Educação e Arte, da Udesc, onde ministrou, sob orientação da professora Rosana Bortolin, o curso de modelagem e preparação de massas cerâmicas para queimas alternativas, e também a oficina laboratório de torno cerâmico. É atuante no Coletivo Geodésica Cultural, de arte colaborativa. A Ágata também produz suas própria coleção de cerâmica.
Instagram: @aterceramica